Pular para o conteúdo principal

Meus Gatos são dóceis e fiéis


 
Minha gata Titi
Hoje não irei postar resenhas de livros. Vim para falar sobre o amor que sinto pelos meus gatos de estimação, e sobre algumas pesquisas que li, relacionadas aos felinos.
Dizem por aí em pesquisas que os gatos são indiferentes ao seu dono. Sinceramente, devo discordar disso, já li artigos de reportagens em revistas onde falam que os felinos são sisudos e indiferentes, quem escreve essas matérias não conhecem o poder dos felinos. Ao contrário dos cães que são dóceis e atenciosos com seus donos, os gatos são sim, leais aos seus donos quando tem confiança neles.
Tenho dois gatos de raça indefinida, um macho e uma femea cujos nomes atendem por Carlinhos e Titi. Como mãe deles - sim, Posso me dar ao luxo de me intitular assim porque eu os crio como se fossem parte da família - convivo diariamente com eles, e posso afirmar que o comportamento de ambos não se encaixam nessas pesquisas. Digo isso porque eles são amáveis e carinhosos comigo, um exemplo é que conheço o olhar de cada um deles, quando saio e chego em casa eles estão na porta com seus rabos empinados feitos bailarinos, a minha espera e os olhinhos arregalados, entrelaçam seus corpinhos fofos e a cabeça macia nas minhas pernas, me enchendo de carinho e emitindo miados em um tom sensível. Outro exemplo que posso contar é que quando estamos juntos em casa, e se alguém estranho se aproxima da porta eles simplesmente levantam as cabeças imóveis e dilatam a pupila negra, parecem capitar sons ou cheiro de estranhos ou até mesmo de bichos. Um sinal de alerta.

Às vezes eles cometem algumas travessuras, tipo afiar as unhas no sofá ou arranhar os móveis, ( Eles são castrados)eu falo em um tom de voz irritado, e percebo quando eles fecham os olhos tristes para mim. Em outros momentos quando eu mudo a minha voz para enchê-los de carinho, eles me fitam e parecem distinguir se estou falando carinhosamente ou aborrecida com eles, erguem as orelhinhas numa espécie de captura de sons e comportamento. Outras vezes gostam de ficar sozinhos no seu cantinho, não sem antes de me lançar aqueles olhares semicerrados num ritmo de abre e fecha, dizem que são beijos que eles enviam aos donos, embestada tento imitá-los, mas nada que se compare ao porte e elegância deles. Meus gatos tem tanta cumplicidade comigo que sempre quando acordo eles correm na minha direção e dão lambeijos com mordidas leves no meu braço, tipo falando comigo assim: " Acorda mamãe, queremos nossa ração no prato com orelhas de gatinho!"
 
Eu não resisto e acabo cedendo a eles, meus gatos são os únicos que tem o poder de me desarmar, em nome do amor e cuidado que sinto por eles. Às vezes tenho a leve impressão de que Deus envia os anjos disfarçados de animais para nos tornar pessoas melhores a cada dia. Meus filhos felinos são a prova disso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bilhões e Bilhões - Reflexões sobre a vida e a Morte na virada do Milênio, de Carl Sagan

Bilhões e bilhões foi o último livro escrito pelo Cosmológo e Cientista Carl Sagan (1936-1996), antes de falecer em 1996. O Cientista traz explicações e reflexões acerca de vários assuntos que inclui desde ciência, religião,  o cosmo, aborto, e fala sobre o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio na terra, faz duras críticas aos conservadores e nos mostra soluções e caminhos para conservar e proteger o planeta Terra. 

Ele fala sobre o aborto e traz uma excelente explicação com ilustrações e com base científica acerca dos fetos e os movimentos Pró-escolha e Pró-vida, e faz novamente duras críticas a sociedade conservadora e suas vaidades, e enaltece o empoderamento feminino das mulheres na sociedade. E mostra alguns de seus artigos que foram escritos científicos para a revista Parade e faz uma reflexão esplêndida sobre o século XX e os principais acontecimentos que ocorreram na história da humanidade, desde o surgimento dos planetas, os feitos da humanidade e suas catástro…

(Resenha) Hannibal - A Origem do Mal

Em Hannibal - A Origem do Mal, o autor nos leva para conhecer o passado do canibal mais aterrorizante (e admirado também, é claro.) dessa saga de livros best sellers do Thomas Harris.
A história do Dr. Lecter se passa durante a segunda guerra mundial na região dos Balcãs, ainda garoto aos treze anos de idade. A família Lecter vive os horrores da guerra com a invasão do exército nazista nos Balcãs, seu pai, o conde Lecter resolve fugir com a família, mas infelizmente eles são mortos pelas rajadas de bombas que são lançadas pelos caças nazistas. O garoto Hannibal e sua pequena irmã Mischa, sobrevivem, e juntos vivem os horrores da guerra. Só que os dois são capturados por caçadores canibais, disfarçados de agentes da cruz vermelha, que vivem pelas redondezas saqueando as casas abandonadas e matando os fugitivos.


Famintos, por falta de alimentos, os captores cobiçam devorar a pequena mischa, e Hannibal tenta de todas as maneiras proteger a irmã, esforço em vão, eles matam-na a golpes de ma…

Resenha do Livro Como Eu Era Antes de Você ( Jojo Moyes )

Como eu era antes de você, escrito pela Inglesa jojo moyes é o tipo de livro que faz o leitor se emocionar, rir e também se chorar. Não me fez chorar,mas fiquei entristecida ao ler sobre o fim que o personagem,Will Traynor, deu à própria vida, me encantei por todos personagens que passam uma verdade absurda nos diálogos e nos acontecimentos em torno da estória. O livro é sensacional e faz com que o leitor se imagine em cada cenário descrito no livro. Eu amei.
Louisa Clark, é demitida do emprego pelo patrão Frank, que fecha o café onde trabalha, e Lou se vê  aflita por ter acontecido isso ,sendo que ela ajuda sua família em casa com as despesas do lar. Lou é jovem, alegre e tagarela, e acaba encontrando um trabalho de cuidadora de um jovem tetraplégico, Will Traynor Rico e muito mal humorado- que sofreu um acidente no qual a moto o atropelou e deixou ele tetraplègico. È contratada pela Mãe de Will,CamillaTraynor, para pôder convencer ele a desistir da eutanásia. Lou aceita o trabalho,e…